arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

...

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

VOZ

Espaço

Sensação

PRIMAVERA

Tentei-Tentando

Domingo, 30 de Agosto de 2009

Assim Sou

Assim Sou

 

Por viver me querem cegar

Me julgam,

Me condenam,

Por amar, me insultam,

Por dar meu coração me culpam,

Que mais hei-de fazer para viver,

 

Sigo sozinho, sem destino

Sem amor não sei viver

Sou novo, sou velho!

Que importa aquilo que sou

O amor não escolhe idades,

Mas sim o coração adora felicidades,

 

Assim sou

 

Nos meus poemas

Eu te amo,

Como nunca amei ninguém

No meus poemas,

Te pinto na tela

Não ficas só pela aguarela

Ficaras pintada na nela

Amo essa imagem dela,

 

Sou eu, que aos poucos

Sinto muito orgulho por amar

Por querer ao teu lado estar

Para as tuas lágrimas guardar

Antes delas ao chão chegar,

De te sentir

Te desejar,

Te falar,

Te ouvir,

E te contemplar,

Neste meu amar,

Assim sou eu!

Sweet.

AUTOR SONHOSOLITARIO

 

sinto-me:
publicado por Sonhosolitario às 19:09
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009

Premio-Poeta do povo

Olá estimados amigos desta maravilhosa pagina, e todos leitores que aqui vem ler

Com todo o meu respeito venho aqui dizer algo que me aconteceu,

Ganhei o premio

POETA do POVO

Sonhosolitario foi congratulado pelo ((melhor))cobarde anónimo crítico deste mundo virtual

Poeta do ano.

POETA DO POVO.

Só fiquei triste quando este senhor me dá este premio me ofereça como anónimo sabendo eu quem ele é,

Falando por sua boca que o meu blog não valia nada que nunca me visitava, e ai está ele a oferecer-me o melhor premio do ano e dar o primeiro premio para o melhor poeta do povo...

Qual é a sua dor?

Ciúmes?

Dos meus lindos poemas...

E as minhas leitoras e leitores sabem que aqueles poemas são para elas e para eles.

Pois eu não aprovo nada anónimo, ganhe coragem e comente com o seu blog. Prometo que tudo que disser será publicado,

Será que vai ter coragem?

Será que vai deixar de ser cobarde e publicar com seu nome?

Se não gosta não venha ao meu blog aprender.

Abaixo a cobardia dos anónimos

Obrigado pelo premio Poeta do povo

Com todo respeito

Sonhosolitario

 

sinto-me:
publicado por Sonhosolitario às 14:52
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009

Amando secretamente

Amando-Secretamente…

.

Secretamente comecei a imaginar,

Se conseguia voltar amar,

Estava tão perdido,

Ficando com paixão

Só queria entregar meu coração

.

Tinha um forte sentimento

Que o nosso amor era forte

Que vale a pena,

Voltar amar,

.

O amor

.

É lindo o amor é belo

Quero-te ao pé de mim

Para não estar singelo,

.

Os meus presentes

De amor

Não te fizeram, voltar

Mas eu dei o meu melhor,

Que eu tinha, para te dar

 Era o meu coração

Para tu guardares com devoção,

.

Porque tu foste

Da noite pró dia

Sem te conseguir ver

Fico a espera para te ter

Só assim te consigo imaginar

.

Porque amar não é loucura

Mas é a coisa mais linda

Que temos para sonhar

.

Secretamente não posso parar

De te amar 

Jamais vou terminar de te imaginar

Porque te amo…

Sonhosolitario

 

sinto-me:
publicado por Sonhosolitario às 04:53
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 22 de Agosto de 2009

Meu Ser

 

 

 

 

 

 

Meu ser

 

 

Serei eu alguém. Algum dia?

Interrogo-me a mim mesmo,

Se fosse o que seria!

Seria político

Ou o mesmo pobre do dia-a-dia

Seria o rico ou vagabundo

Sem moradia

Que faria?

 

Perguntei o que seria

Mas ninguém me respondia

Gostaria de saber

Porque vivia,

Encontrar a realidade do dia-a-dia

Porque a verdade,

Jamais esconderia

Lutaria pelo amor

Para ser feliz um dia...

 

Nem eu mesmo sei o que sou

Ninguém me conhece

Eu não conheço ninguém

Não sei de onde venho

E para onde vou

Porque vivo e onde estou...

 

Esta miséria do meu ser

Que tenho de aprender a viver

Tentar não muito sofrer

Para tentar entender

O meu ser...

 

Mas antes de desaparecer

Queria fazer,

Alguém jamais sofrer

Ofereceria muito amor

Porque só assim se é feliz para se viver

Esta é uma linda maneira de ser

Este meu ser...

Sonhosolitario

 

sinto-me:
publicado por Sonhosolitario às 17:22
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Terça-feira, 18 de Agosto de 2009

Tempo do meu tempo

 

Tempo do meu tempo

 

Tento parar o tempo,

Em momento certo

Porque só a tempo o consigo

Não é todo o momento,

Que consigo parar o tempo...

 

Paro no tempo

 Quando tenho tempo de sobra

E quando o amor me adora

 Quero parar no tempo

Quero o teu sorriso a todo momento 

Sentir tua felicidade,

Por muito tempo...

 

Mas cada coisa tem seu tempo

Tempo de amar

Tempo de contemplar

Tempo de imaginar

Tempo de lutar

Pela felicidade

A todo tempo...

 

Tento dar tempo ao meu tempo

Amando numa cabana

Sentido a todo tempo

A chuva da felicidade

No amor do momento do tempo

E ai consigo parar o tempo...

 

Eu sei que não duro todo tempo

Porque o tempo não me deixa

Sou semente do tempo

Por isso luto internamente

Contra o tempo do meu tempo!!!

autor Sonhosolitario

 

sinto-me:
publicado por Sonhosolitario às 05:36
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: