arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

As Vezes

Vento Norte

Passagem

Fantasma do Amor

SER

ERRO

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2012

Regresso

Regresso

Assim volto ao meu porto

Com toda saudade

Não imaginas meu coração

Nesta onda de felicidade

Volto e voltarei

Não quero que descubras

Por onde naveguei

Para que sofras aquilo que passei

Quero sim que vejas

Minha alegria,

Porque voltei

E voltarei sempre

Lutarei contra

Os monstros e

E as sereias Falsas

Não me deterão

Para ao teu encontro vir,

Combati tempestades

Entre onda de mistério

O rumo descobriu

Nos mistérios dos oceanos

Tu mostras-te que os sete mares

Sabem guardar segredos

Onde sereias encantam

E me escondia

Entre rumos falsos

E verdadeiros

Esses rumos da felicidade

Onde eu adoro sentir

E sinto grande felicidade

Por teu coração ouvir

Tuas palavras contemplar

Que faz alegria pairar

Na onda de alegria rumar…

Autor-Sonhosdolitario

publicado por Sonhosolitario às 06:30
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2012

Janela

Janela

Hoje abri a janela

E nela entrou uma
brisa

Que por mim passou

Como um abraço e
um beijo

Soltaram-se
lágrimas

Pela minha face

Algo não estava
certo

Tudo ficou
enovelado

Como um mar
salgado

Não sei onde
estava

E onde me
encontrava

Sei que estava no paraíso

Ouvindo os
cânticos dos pássaros

E flautas
anunciando

E tua voz chamando
meu nome

Estava em transe total

Nada mais podia
desejar

Todo meu corpo
tremia

Sim sei porque
acontecia

Era o amor a
saudar-me

E pedir-me
palavras

Palavras de amor

Palavras sinceras

De carinho e
paixão

Hoje não falo por
mim mas sim por nós

Ontem é passado

Hoje é presente

Amanha e será
futuro

Do passado ficou
gravado

Com letras
douradas

Mas nunca usadas

Letras que se
mantém brilhantes

Em nome do amor

Hoje te desejo

Mais que nunca

Amanha que será

Não sei!

Sei que lutarei
por este amor

Porque é puro e
verdadeiro

Caminharei o mundo
inteiro

Em nome do amor

Minha amada…

 

Autor -SonhoSolitario

 
publicado por Sonhosolitario às 06:05
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2012

ESTRADA do AMOR

    

 

 

 

Estrada

 

Hoje caminhei na estrada do amor

E nela estava marcada com datas

E gravuras do nosso amor

E entre encontros e desencontros

Passei nas recordações do passado

E nelas entrei como sonhando

Te ofereci minha mão

Caminhamos juntos e sorridentes

Como no primeiro encontro

O sol nos envia os raios de felicidade

E ao mesmo tempo o cupido do amor

Para nos felicitar este encontro

 Não programado ou marcado

Olhei em teus olhos

E vi uma lágrima desesperada

Correndo ao longo do teu rosto

Brilhante e cristalina

Que tinha sido minha

Vi o momento da verdade

Entrei na realidade

Em que me amavas

Mas tinhas!

 Medo e receios

Deste nosso amor

Porque no meu coração

Sabias que encontravas

Um sonhador

Do melhor do momento

Entre o dia e noite

Sempre o terias

Para que o sentisses

Segura nos teus sonhos 

 Doce e querida!

Sempre te entreguei

A melhor parte do amor

E nunca entendes

Toda verdade

Mas aconteceu

Pelos teus medos e enganos

E só me resta caminhar nas recordações

Desta estrada do amor

Podes te esconder mas eu te amarei sempre

Enquanto por aqui caminhar

Tanto num lado da cidade como no outro

Estarei caminhando

Porque este amor não morrera

Podes esconder o teu sorriso

Mas não consegues esconder o teu coração

Nesta linda estrada

Será sempre a mais longa

Porque este amor jamais terá fim

Haverá um dia!

Da entrega total

Porque na estrada do amor nos gravamos

A nossa caminhada

 

Autor- SONHOSOLITARIO

publicado por Sonhosolitario às 04:01
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 12 de Fevereiro de 2012

ADEUS

Adeus

Nunca me digas adeus

Neste mundo de ingratidão

Que ao teu lado desejava estar

E contemplar

Sem me magoar

E sentir a vida

Como neste momento

Não a sinto

Depois daquele adeus

Tenho aqueles olhos

Me dizendo em silencio

Todos teus segredos

Em minha direcção

Sem amor

Só eu senti

Porque nunca menti

E vivo em solidão constante

Mas vivo sem remorsos

Dei tudo que tinha

E o que não tinha

Assim sou eu

Como não podia deixar de ser

Tenho este dom de amar

E como vivo navegando

Não é fácil encontrar

O tal amor

Mas sim somente dor

Do teu adeus

De um adeus forçado

Pela tua maldade

Sem imaginação

Onde rebentas-te meu coração

Com tuas mentiras

De quem eu julgava

Uma flor pura

Que só me deu amargura

Neste meu adeus …

 

Autor-Sonhosolitario

 

 

publicado por Sonhosolitario às 05:44
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: