arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

VOZ

Espaço

Sensação

PRIMAVERA

Tentei-Tentando

Esperando- espero

Segunda-feira, 30 de Setembro de 2013

==ÁGUA==

==Agua ==

Água pura e cristalina

Que lavas os pecados da minha alma

Tu que me purificaste

Quando meu nome cristianizei

Lavas o meu corpo dos meus pecados

Para que seja honrado

Minha alma fica-se purificada

Depois de lavada de lagrimas

Lagrimas essa cristalinas

De um rosto marcado

E por ti lavado agua

Agua espelho dos meus dias

De ti tiro as forças para o meu viver

Ajudas-me a sonhar

E a engrandecer do meu sonhar

Para o amor encontrar

A água pura e divina

Através dela encontro meu e teu rosto

Junto com lagrimas cristalinas do amor

Esse que causa grande dor

Na pureza da água consigo meditar

Os meus e os teus erros

E também os consigo lavar

Mas seu perfume la fica internamente

No meu pensamento

Que não consigo lavar nem esquecer

Somente meditar os belos momentos a beira-mar

Dos passeios entre água e areia

Água doce e salgada

Uma lava e outra guarda para eternidade

O nosso segredo do amor

Entre as águas e seu fulgor

Entre lagrimas e rios

Do seu desaguar

Para o caminho ao mar

De sua pureza sem igual

Deste proibido de se amar…

 

Autor-Sonhosolitario

 

publicado por Sonhosolitario às 13:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Setembro de 2013

Meu poema e Minha dor meu sangue e sentimento

Meu poema e Minha dor meu sangue e sentimento

No meu poema escrevo com tinta de sangue

Ele é meu sentimento na minha voz surda

Dos meus medos desta vida insânia

Que por ela vagueio no meio da noite

Nas insónias que me estão escritas no meu meditar

Em poema não sabe o que sou me perco

Entro em outra vida é e não sou eu

Mas sou verdadeiro como sou aquele

Que consegue escrever e dizer que sabe amar

Perco-me quando falo em amor

Sinto a minha e tua dor

Por mim e pelo poeta

Vejo sofrimento amargura e dissolução

Escrevo por linhas tortas direto ao coração

Com todo sentimento sem ilusão

Tenho saudades tenho lagrimas e muito amor

Vejo teu rosto leio teu pensamento e todo tempo

E sinto tuas lagrimas percorrer-te o rosto

Não tendo forças para as limpar

De tantas lagrimas chorar

És aquele rio que corre direito mar

Onde desagua todo seu desejo por quem tinha o direito

De amar e ser feliz do seu viver

Na minha vida vagueio e na ansia de voltares

No poema escrevo coisas que deixei para traz

Que não consigo fechar a porta as recordações

Somente consigo fechar meus olhos e contemplar

Meu teu rosto e imaginar minha dor

Sentir o sangue percorrendo minhas veias

Misturado de sentimento das noites de prazer

Entre as manhãs do nascer do sol

Do rosto cansado mas feliz da vida ao seu natural

Repartir o amor nesta vida superficial

Querendo destruir a dor e todo seu mal

Mas que poeta é que nem a si próprio sabe ajudar

Que sonha neste seu poetar

De sua escrita quando escreve ao luar

Poema com sentimento sangue lagrimas

Da sua dor, será por amor

Porque serei corajoso se tiver medo

Não minha poesia não há medo

Somente sentimento do amor

Que me cura minha dor…

 

Autor-sonhosolitario
publicado por Sonhosolitario às 19:50
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 15 de Setembro de 2013

Minhas Palavras Em Poema

Minhas palavras em poema

Das minhas palavras tento fazer poema

Do poema tento amortizar minha dor

Da dor tento arrefecer meu sangue

Do meu sangue tento escrever palavras

Palavras de emoção que fazem sonharem

E assim sonho com lagrimas nos olhos

Sonhando acordado ao teu lado

Entre o mar e areia tentando

Encontrar aquelas conchas

Que chamamos beijinhos

Para que tu não olhes em meus olhos

E vejas um rio de água cristalina

Muito pura e muito fina

Descendo pelo meu rosto

Como de um rio se tratasse

Não havendo paragem possível

Deste sentimento ser esquecido

Lindo o meu mar

Meu e teu e nosso

Quando quero sonhar contigo

Faço minha cama no mar e durmo ao luar

Com uma mão no mar salgado

Como se toca-se no teu divino rosto

Ouvindo tua doce voz

Estou a sonhar eu tu e o nosso mar

Assim ando baguear nos meus sonhos

O mar me faz feliz por isso adoro recordar

Este belo sonho da vida

Entre beijinhos e conchinhas e lapas

E areia da praia a beira-mar

Lindo de mais para não recordar

Este meu amar …

Autor- Sonhosolitario
publicado por Sonhosolitario às 10:11
link do post | comentar | favorito
|

Amor do Mar Salgado

Amor do mar salgado

Toco em ti meu doce mar

Sinto tua pele em veludo das tuas ondas

Tua espuma me eleva meu coração

Das minhas amarguras e solidão

Desta navegação interna e externa das tuas ondas

Medito entre a lua e o luar

Entre as estrelas do meu sonhar

Descaindo pelas tuas ondas de amor

De imperfeito e perfeito teu ondear

Onde muitos corações sentem seu acalmar

De onde recebes muitas lagrimas e ninguém nota

Quantas dores recebem no seu desabafar

Misturas com o teu sal de amar

Onde alivias a ingratidão

Do ser humano que não tem coração

Das promessas que se tornam numa

Tempestade quando não um furacão

Tens a bonança que dá toda esperança

Com as cores fazes as pontes do arco ires

Em cada um se sente livre para navegar

Com sua felicidade a festejar

Mar do amor salgado e mal-amado

Mas sempre com paixão

Do amor e do seu sal para que sua pureza

Encontre o tal dito amar

O sal se torna puro

O amor se torna num fracasso

A vida será um pesadelo

Que nunca foi ao caso

Mar amigo

Quantas confissões são te confessadas

Quantas vozes rocas te gritaram e se perderam

No teu horizonte no fundo das tuas ondas e correntes

Se fechando para sempre as portas do destino

Entre o amor o sal e o destino da vida

Cicatrizes deste meu navegar

Pelo amor

Neste meu arribar a bom porto

E amor contemplar

Neste meu navegar

Do amor do sal do teu ondear

Com a espuma branca a saudar

O Marinheiro do amor…

 

Autor-Sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 10:03
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Setembro de 2013

Quando um Anjo Diz adeus

Quando um anjo diz adeus

Nasceu o dia em que te esperava rever

Nada aconteceu como o esperado

Foi desilusão no encontro

Porque no momento começou a chover

Com raios de sol

E nós parados na calçada olhando um para outro

Depois de longos anos

Eu tentava ler-te os olhos para me transmitir teu pensamento

Fiquei parado no tempo olhando-te

Porque muito tinha esperando para te ver

Nada do que eu contava aconteceu

E me senti em segundo plano

Porque eu desejava ver contigo o amanhecer

E nada disso transmitiu, enquanto te lia

Imaginei e soube que te tinha perdido

Quando Adeus me disse naquele tempo

Tinha sido essa despedida e não está

Então o anjo tem que ser livre de voar

Para sua felicidade encontrar

Para meu bem, para o teu

Os voos têm que estar certos e afinados

Para que a felicidade seja mais fácil de encontrar

Por onde quer que continues a voar

Em tua vida e no teu amor

Não me quero sentir somente um anjo

Quero que sintas e recordes quando voamos juntos

Que isso te ajude a viver no mundo dos sonhos

Para que teus voos se alarguem no mundo da felicidade

Porque mereces viver essa felicidade

Não chores com minha partida,

Porque eu já chorei e já senti

Quando o Adeus me assinou na tua partida

Assim vi esse anjo com seus lindos voos

Partir para longe muito longe dos meus voos e

Sonho que um dia queria ver esse amanhecer juntos

Para juntos voarmos

Nas estradas sem nome

Com no paraíso do amor

Vai anjo voa esse teu sonho

E diz-me adeus com coragem

Porque algo fica guardado na minha bagagem

Do meu interno coração

Onde guardarei com devoção

Assim será anjoooooooooooo….ADEUS

Autor-Sonhosolitario

 

publicado por Sonhosolitario às 01:33
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: