arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

VOZ

Espaço

Sensação

PRIMAVERA

Tentei-Tentando

Esperando- espero

Sábado, 17 de Janeiro de 2009

----Ela Mulher----

---------------ELA---------------

Ela de suave e doce coração

Com sua ternura se encarrega

De sua amizade de sua beleza

Mesmo nos seus dias de tristeza

Mostra sua beleza,

 

Com seu lindo olhar,

Não há que enganar

Só quer agradar,

Por não se pode descuidar

Na sua arte de amar

 

A ti deixo meu coração

Para perder minha ilusão

Porque isto não é confissão

Isto é poema, e poema é devoção

Escrever com amor e coração

 

Ela de mulher perfeita, doce e perfumada

Onde as vezes não é notada

Mas sim, maltratada

No lugar de ser amada

E muitas das vezes ignorada,

 

Um doce beijinho deste seu amigo

Que muito a adora estes seus

Poemas de encantar,

Que muito ajuda sonharem

A todos que a visitarem.

 

Felicidades são os votos deste vosso

Amigo

 

Autor sonhosolitario

Em homenagem a minha grande amiga

E Poetisa

Luísa Adães

 

sinto-me:
música: killing me softly-susan wong
publicado por Sonhosolitario às 07:07
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De maripossa a 20 de Janeiro de 2009 às 21:55
SONHO SOLITÁRIO! QUEM RECEBE UM POEMA COM ESTA TERNURA FICA FELIZ,A QUEM O ESCREVES ELA MERECE O CARINHO E FICOU BEM.

BEIJINHO DE AMIZADE LISA
De Sonhosolitario a 21 de Janeiro de 2009 às 07:02
olá amiga LIsa bom dia minha querida amiga virtual,
obrigado pelas suas doces palavras,deus abençoe,pela verdade com a verdade que tu falas,eu adoro muito as minhas amizades com respeito,anda aqui o <> que me quer destruir desde o prencipio amiga,ainda não consegui perceber,estes pesadelos dão cabo da minha imagem deste bom homem de terno e doce coração,tento fugir mas o pesadelo persegue-me
obrigado minha fiel amiga Lisa,
deus a proteja e a toda sua familia
um doce beijinho Ate muito breve
sonhosolitario
De M.Luísa Adães a 17 de Janeiro de 2009 às 18:25
sonhosolitario

Agradeço a Homenagem ; nada mais posso dizer...

Não sei se mereço, mas subsiste a tua opinião e não as minhas dúvidas ... Obrigada, meu amigo virtual!

Beijos,

Maria Luísa
De Sonhosolitario a 17 de Janeiro de 2009 às 21:22
olá minha querida amiga Luisa Adães,pois é com muito prazer que te faço está homenagem,no teu regresso a Portugal,porque o merito é todo teu,mereces-te isso e muito mais ,pelo encanto dos teus poemas,e pela pessoa que és e senhora,
tudo isso é pouco com aquilo que mereces,
um doce beijinho e bom regresso a Portugal
sempre teu amigo
sonhosolitario
De M.Luísa Adães a 20 de Janeiro de 2009 às 16:58
sonhosolitario

Agradeço a tua resposta e tua amizade;
regressei, hoje a Portugal!
Quando entrei em casa ... Chorei de dor e saudade;
e aqui estou a agradecer, uma vez mais, as tuas
lembranças delicadas e amigas.
beijos,

mª. Luísa
De M.Luísa Adães a 17 de Janeiro de 2009 às 17:40
sonhosolitario

Agradeço a homenagem que me fazes no poema a que deste o nome de "ELA"!

Muito obrigada pela "homenagem - mérito/amizade .

Beijos,

Maria Luísa
De Velucia a 17 de Janeiro de 2009 às 13:31
É um belo poema amigo
Quem recebeu deve estar muito feliz
Um dedicatória e tanto!
Parabéns a Luiza
E a você que construiu este poema.

Abraço
De Sonhosolitario a 17 de Janeiro de 2009 às 19:54
olá querida amiga Velucia ,muito obrigado pelas tuas magicas palavras ,vindo de uma senhora como voçe é bom ler-las ,porque sua sinceridade conta muito assimcomo sua amizade,pura de amiga virtual ,
desejo~lhe um feliz fim de semana,perto de quem mais ama ao seu redor ,e muitas felicidades ,
doce beijinho
sonhosolitario

Comentar post

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: