arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

As Vezes

Vento Norte

Passagem

Fantasma do Amor

SER

ERRO

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

Dança

Minha dança

Danço a minha canção de amor

Sou cigano do mar e danço minha canção de embalar

Danço a todo rigor para a dança não estragar

A orquestra está tocando, os golfinhos acompanhando

O barco navegando a todo vapor, por as ondas do  amor

Encontrei a rosa-dos-ventos, pediu-me para dançar com ela

E a dança não teve fim, porque era bom para mim

Dançaremos vida inteira, sem destino e emoção

Fico feliz ao sentir teu coração, na dança da nossa canção...

 

Dança

 

A dança faz parte da vida e a vida parte da dança

Danço com os oceanos, com a lua que minha que é tua

Danço com as ondas, Essas que me fazem ondular devagar

Danço com paixão, Ouvindo a tua canção, No brilho do meu olhar

Sinto o teu dançar, e o teu coração saltitar,

Com a felicidade do teu caminhar

Com amor acompanhar, nesta dança de embalar...

 

Dança

 

Ao amanhecer continuei dançando

Dancei com a estrela do alvor, me disse que precisava de amor

Dancei com a lua, me disse que se sentia nua

Dancei com o sol, me disse que estava sorrindo

Dancei com o vento, mas que tormento

Dancei contigo, nunca mais cais no esquecimento...

 

Dança

 

Continuarei a dançar até nunca mais parar

Ao de tanto navegar, quero num porto atracar

Quero mostrar minhas danças de encantar

Vou-me guiar pela rosa-dos-ventos

Para minha dança rumar...

 

Sonhosolitario

 

sinto-me:
tags:
publicado por Sonhosolitario às 00:55
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De M.Luísa Adães a 1 de Agosto de 2009 às 09:42
sonhosolitario

Linda dança e eu dancei contigo!

obrigada pela tua dança de encantar!

Beijos,

Mª. Luísa
De Sindarin a 24 de Julho de 2009 às 21:59
Olá meu amigo gostava de saber que o regresso foi bom e tudo correu bem. No dia em que falámos na consulta onde estava disseram-me k tenho de ser operada e ando aborrecida e triste. Espero k esteja tudo bem consigo amigo. Um bj grande.
De oriona a 23 de Julho de 2009 às 02:12
Danças a guiar-se pelo vento, pela lua, pelo sol.
Danças e deixa se envolver nessa magia, nessa canção que canta ao amor.
Linda poesia meu amigo, perfeito jogo de rimas.
Parabéns!

Um doce beijo para ti da amiga Oriona
De M.Luísa Adães a 22 de Julho de 2009 às 09:29
Sim. meu amigo, és um cigano do mar!

Te possas sempre encontrar e encontrar verdadeiros amigos.

Bºs, Mª. Luísa
De Just Moments a 18 de Julho de 2009 às 16:35
Olá Amigo!

E que bela esta dança(poema)!!

Dançar..talvez seja a solução!

Beijinhos

ps.desculpa a ausência, e obrigada pela Tua presença!
De maripossa a 14 de Julho de 2009 às 19:08
Sonhosolitário. O poema de dança está maravilhosos,gostei deste jogar de palavras,como sou aficionada pela mesma,caiu bem.
Beijinho amigo Lisa
De Desejo x Amor a 13 de Julho de 2009 às 21:55
Oi miguxo Virtual como estais obg pela visita e como vc esta espero que bem amei a poesia muito linda bjimmmm doce como mel e suave como a flor para vc
De M.Luísa Adães a 13 de Julho de 2009 às 12:13
sonhosolitario

Dança, meu amigo, liberto de tudo, quanto te possa trazer ambiguidades.

lindo poema!

beijos,

Mª. Luísa
De TiBéu ( Isa) a 10 de Julho de 2009 às 11:06
Todos os poemas são escritos por ti? são sempre muito bonitos. bj e obrigada pela tua linde visita
De jpcfilho a 10 de Julho de 2009 às 09:50
Amigo Solitário,, danças a dança do amor, com o mar, os oceanos, tb as estradas, e todos os destinos de tua dança serão indeléveis, pois são os teus desejos, tuas emoções que estarão bailando além de ti, além de teus versos, para expressão maior de teu coração Quixote, e andarilho do amor...
belos versos
abraço
João Costa Filho

Comentar post

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: