arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

As Vezes

Vento Norte

Passagem

Fantasma do Amor

SER

ERRO

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

Sábado, 3 de Outubro de 2009

PARTIDA

Partida

Vou partir,

Sim vou sem mentir

Vou contigo no meu pensamento

Para que tu me encontres

Dentro do tempo

Das horas e minutos!

E dos pensamentos

Nossos

Momentos

Passados

Das belas recordações...

Partida

Faz reviver os sentimentos

Do amor,

Carinho,

Amizade

Sentimento!

Faz-nos ver o tempo perdido

Tempo passado

Dentro do nosso tempo

Nunca esgotado

Mas sempre acompanhado

Pelo pensamento...

Partida

Vou mas tento Explicar

De uma dor que fica por curar

Dor não de abandono

Mas sim de saudade

Por te deixar

Que assim

Fica até eu voltar...

Partida

Da partida eu consigo imaginar

Como és deliciosa

Para Amar

Viver e contemplar

Ao teu lado quero sonhar...

Partida

Não importa tanto

Parto com a promessa de voltar

Para que!

Jamais te sintas na solidão

E sim voltarei

Para te entregar meu coração...

AUTOR -SONHOSOLITARIO

 

sinto-me:
publicado por Sonhosolitario às 13:07
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Sindarin a 4 de Outubro de 2009 às 22:34
Olá amigo está tão lindo o teu blog. que a tua viagem seja tranquila e o regresso breve e feliz. Um beijinho amigo.
De Sonhosolitario a 7 de Outubro de 2009 às 19:13
olá amiga Sindarim.
boa noite obrigada por tuas sinceras palavras, já era tempo de lavar um pouco a cara, e trazer nova vida a este blog.
quer viver noutros tempos e esquecer o passado,o que entressa é o presente.
obrigado pela tua visita volta sempre,
doce beijinho
sonhosolitario
De LR a 4 de Outubro de 2009 às 00:37
Comovente teu poema… para quem sente a dor da partida e a saudade das lembranças agarradas á alma.
Boa viagem!
Até á volta! Fica muito bem.
Beijinho
LoveRight
De Sonhosolitario a 7 de Outubro de 2009 às 19:29
Olá minha amiga Loveright.
Como tem passado vossa excelência,
Bem assim espero!
Pois é amiga você me deixou sem palavras
onde me fez sentir muito mais o meu poema Partida.
peço desculpa se realmente lhe trouxe algumas recordações
para sua boa mente.
fiquei super comovido,
primeiro descobri que você guardou nos seus favoritos, a minha partida
do meu poema,
isso me deixou feliz mas um pouco receoso, será que esse coração não está um pouquinho com aquela dorzinha que se sente nas partidas, bem seja lá o que for
só a senhora diz respeito, mas digo-lhe com todo respeito fiquei muito sensibilizado
por ter uma leitora como a senhora , ou , menina, seja quem for muito obrigado de todo o meu coração, é para isso que eu escrevo para ajudar os amigos e amigas com a minha escrita e passar o meu tempo de solidão...
aqui lhe envio todo meu carinho e respeito deste seu amigo virtual,
um doce beijinho, muitas felicidades em seu coração.

volte sempre estarei esperando por vossa excelência Loveright...

De M.Luísa Adães a 3 de Outubro de 2009 às 18:55
sonhosolitario

vais partir e nada dizes aos teus amigos?

O teu poema "Partida" está lindo, bem concebido,
cheio de sentimento.

Partir é sempre triste, se deixas teu amor
e vais na solidão do mar, ao encontro de outras
terras, onde nada vais encontrar.
Mas tens de partir.
É esse o teu destino!

Com amizade,

maria luísa
De Sonhosolitario a 7 de Outubro de 2009 às 19:43
Olá minha amiga Maria Luísa
como vai a minha amiga ?
espero tudo bem ,
obrigado por suas apalavras ao um poema
Partida
mas as partidas são sempre assim para quem as sente
quem não ama não sente, não respeita, não sonha
e eu sou um grande sonhador nato.
não sou poeta, sou sim uma pessoa com o sentido da vida
do dia a dia,
porque o sentir só no faz bem!
A vida assim me obriga a deixar quem eu amo, e quem eu todas as
vezes me sinto bem falando.
mas eu escrevi este poema se assim lhe quiseres chamar
tem muito a ver com a vida do dia a dia, porque todos estamos de partida...
um doce beijinho para ti querida amiga Maria Luisa
sonhosolitario.
De M.Luísa Adães a 8 de Outubro de 2009 às 10:23

Obrigada por responderes.

O poema está relacionado com Todos, verdade!

Todos estamos de partida;

todos, um dis, partimos!...

Beijos e saudades,

Mª. Luísa

Comentar post

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: