arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

VOZ

Espaço

Sensação

PRIMAVERA

Tentei-Tentando

Esperando- espero

Sábado, 27 de Março de 2010

Lamento

Lamento

 

                                                                                                                 

Lamento

Não estar ao teu lado

Quando devia estar

Neste meu navegar

Sinto como um resgatar

O meu amor e sonhar

Mais tarde ou mais cedo

Tenho de acordar

Ou nunca mais

Me vou encontrar

Este meu viajar

Quero sorrir e sonhar

Assim como amar

Neste meu versejar

Nos meus versos

Do amor e encantar

Amor quanta dor!

Tenho a lamentar

Não poder

Ao teu lado estar

Como me sinto só

Neste meu pensar

Lamento só poder levar-te

Em meu coração

Na transmissão de pensamento

Ter-te perto do meu coração

Tenho-te em minha visão

Consigo sentir toda está união

Como lamento

É fácil entender

Este amor

Não quero perder

No meu navegar

Porque quero

Continuar amar…

Autor sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 04:51
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De TiBéu ( Isa) a 9 de Abril de 2010 às 17:48
Um grande beijo de amizade. bjjjjjjjj
De TiBéu ( Isa) a 5 de Abril de 2010 às 16:45
Feliz daquele que ama. Beijinho amigo e boa semana
De maripossa a 29 de Março de 2010 às 19:48
Sonhosolitário . Nunca lamento o amor nem as coisas que achamos o melhor para nós. Quando as palavras tem este sentimento tão pleno e tão teu, só o deves viver e nada mais.
Beijinho e tudo de bom Lisa
De Sonhosolitario a 30 de Março de 2010 às 00:52
Olá Doce amiga Lisa
Bom dia, como vai?
Espero que tudo esteja a decorrer como desejas,
Sim concordo e contigo e amiga nunca devíamos lamentar o amor
Mas por vezes nos sentimos melhor com nós próprios com uma lamento de saudade e ansiedade
Sim a vida não é feita de lamentos, mas eles existem, na hora da partida eles mexem connosco, por isso o meu o meu lamento em poema, feito de sentimento puro para quem parte, para tentar ter melhor parte desta vida…
Doce beijinho volta sempre, e muita saúde e felicidade em teu coração.
sonhosolitario
De Alzira Macedo a 28 de Março de 2010 às 19:30
Sonhosolitario...

Nunca gostei de lamentos
ou de quem lamenta…

Mas este lamento é sublime por uma boa causa…
Entendi perfeitamente esse teu lamento…
Não estar ao lado de quem se ama,
È por vezes difícil segurar uma lágrima de saudade…
È bom recordar um momento feliz…
È ir buscar as forças ás promessas feitas na hora da partida…
È saber que um dia esse beijo tão desejado será dado.
Que esse abraçar de almas se juntarao na hora da chegada…
Não lamentes a tua ausência…
Aproveita esse tempo para reflectires nos momentos a dois…
Nas palavras que por vezes se esquecem de dizer.
Nos momentos de felicidade que irás obter.
Sorri , sonha, ama…
Verseja todo esse teu sentir
Entre mares, entre tempos, entre espaço
Esse sentimento é partilhado…
Não lamentes em a levar em teu coração…
Fica feliz por isso, vais mais aconchegado
Porque vai bater com a força dos dois…
Os dias serão menos longos, menos penosos.
Navega marinheiro…
Rema a bem porto,
vai ao encontro de quem te espera com tanta ansiedade como tu…
Parabéns para mais um hino ao amor à vida….


Se um dia me fosse dirigido um poema destes…
Não haveria espaço para armazenar a minha felicidade…
De Sonhosolitario a 30 de Março de 2010 às 00:40
Olá amiga Alzira
Bom dia que tudo esteja bem em teu coração,
Sim tens razão quanto aos lamentos, mas só lamenta quem sente,
E eu senti quando parti, e quem não sente quando parte não é gente,
Foi um lamento de saudade, num momento de ansiedade, é uma pura verdade
Tudo tem o seu momento de lamento,
Então eu tentei fazer o meu lamento em poema, obrigado por estares aqui dando o teu parecer o que muito feliz me deixou, doce beijinho
E muita felicidade em teu coração.
sonhosolitario
De Rosinda a 28 de Março de 2010 às 00:02
Navegando assim em sentimento... não há razão para lamento...
Um abraço
De Sonhosolitario a 30 de Março de 2010 às 00:31
olá amiga Onix
bom dia
como vais amiga espero que tudo esteja bem contigo, verdade como tu o dizes navegando assim em sentimento não há razão para o lamento,mas quando as saudade apertam,há lamentos sem razão , porque nesse momento fala o coração...
doce beijinho doce amiga, e desejo-te muita felicidade em teu coração.
sonhosolitario
De LR a 27 de Março de 2010 às 23:07
Olá, amigo, como vai?

Quanto lamento.....se acrescenta ao longo da caminhada da vida.

Gostei!

Bom fim de semana.
Beijo

LoveRight
De Sonhosolitario a 30 de Março de 2010 às 00:25
olá amiga Loveright
bom dia, fico feliz por ter gostado do meu lamento
que fica no meu pensamento,
são lamentos do pensamento, e daquilo que deixa-mos para traz...
doce beijinho volta sempre, muita felicidade em teu coração.
sonhosolitario
De blogando-me1 a 27 de Março de 2010 às 13:11
Lamentamos tanta coisa ao longo da nossa vida. Pensando bem, ela é feita de lamentos. O que lamento mais foi ter amado até ao meu limite sem nada receber em troca.
Gostaria de continuar a contar com as tuas visitas no meu novo espaço. É só mesmo para aquelas pessoas de quem gosto e por quem tenho consideração. Fazes parte dessa lista. É só deixares o mail para endereçar o convite.
Bom fim de semana.

Bjs fofos
De Sonhosolitario a 27 de Março de 2010 às 15:28
Olá doce amiga Blogando-me1
Boa tarde espero que estejas mais animada,
Sim é verdade nos lamentamos tanto nesta vida
E como é difícil viver que por vezes não sabemos lamentar
Porque não só a nos próprios que acontece os lamentos
Só quem passa por eles é que sabe dar a mais nítida explicação
E o seu sentir, mas a vida é mesmo assim é e temos de seguir em frente.
Pois amiga aqui vai o meu email com todo prazer e respeito.

sonhosolitario@sapo.pt

um bom fim de semana e muita felicidade em teu coração
doce beijinho
sonhosolitario

Comentar post

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: