arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

VOZ

Espaço

Sensação

PRIMAVERA

Tentei-Tentando

Esperando- espero

Quarta-feira, 8 de Setembro de 2010

Nua

Nua te encontrei

Lavada em lágrimas

Uma era minha,

Outra era tua

Naquela praia deserta

Enrolada entre uma lágrima e o mar

Estavas tu a delirar

E uma lágrima estava a cintilar

Para ao imenso mar voltar

Tentar a tempestade acalmar

Lágrima arrependida

Na imensidão da noite

Vestida com cores da esperança

Lá estava tua nudez

E mais lágrimas desta vez

Que em rio se transformaram

Tua e minha lágrima!

Vão ao sabor corrente

Descobrindo novos rumos

Na ânsia do amor

Nesta imensidão deste meu mar

Que muita dor faz acalmar

Ao mar eu devo tudo

Devo ao amor!

E ao luar que me faz sonhar

Por felicidade de te encontrar

Em que a tua nudez se une a minha

Onde tentamos nos descobrir

Por segunda vez,

Contemplar toda tua nudez

Da tua e minha dor

E fazer amor pela segunda vez

Ao sabor das ondas do mar

Cobertos por raios das estrelas

Lá estava tua e a minha nudez

Para sentir o amor por sua vez

E não te encontrando com lágrimas

Vou ser feliz desta vez…

 

Autor- sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 01:00
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De £eyna a 24 de Outubro de 2010 às 08:39
Azul... É sempre azul O mar representante do azul É tao maravilhoso de ver Assim como o céu... Talvez por isso amo também o azul... Adorei as suas palavras...
De Bel@ a 11 de Setembro de 2010 às 22:47
Mais uma vez voltei .......de encontro a uma leitura que me leva-se para dimensões mais distantes.....que me fizessem viajar nesta noite sem luar...nesta noite fria....em que nada me consola a tristeza........foi então que meu computador abri..............e............que fazer.........eis o grande dilema............para quem gritar............nada me surgiu .........no desalento da minha dor..............nada me ocorreu.............foi então que ..............de novo aqui voltei.............engoli cada letra..............saboreei cada palavra..............me refazendo do sabor da doçura da paixão................sentindo brotar o desejo.............de gritar para alguém...............foi dai que comentei .............deixando minha agonia nas palavras........livrando meus gemidos de dor..............vou .......sem certeza de voltar ............vou............com vontade de regressar............neste momento saciei o desejo da leitura ................de novo me lanço a aventura........


nada mais me restou para gratificar sua vista no meu humilde espaço........voltarei ......
De Sonhosolitario a 12 de Setembro de 2010 às 01:06
Olá Bela, e bela amiga
Bom dia e sejas bem-vinda ao meu espaço sempre que desejares,
Ainda bem que voltastes, ao encontro da imaginação, por grandes dimensões, em que se juntam dois corações, em noites de luar, que o amor tudo faz por encantar, em paraísos da tristeza, em que nada nos favorece, o dilema da dor para que se conforme o tal amor,
Se passa por tudo no amor e imaginação, muita verdade se conta com sentido da paixão.
Vem volta numa ventura de leitura de desejo, por lindas palavras de um verdadeiro cavalheiro com coração, respeitando toda gente que ama com coração…
Desejo-te uma linda semana, toda ela cheia de felicidade, saúde, amor, e muita paixão.
Doce beijinho
sonhosolitario
De Alzira Macedo a 11 de Setembro de 2010 às 14:54
Oi meu amigo...

Longe me encontro, e busco tudo que me faz lembrar maravilhosos tempos que passei em Portugal...
Sem duvida que este teu blog dà-me uma sensaçao de conforto de aconchego e de alento...
2 aqui que saseio minha sede quando a saudade aperta... Um llugar repleto de sonhos e recordaçoes... Brigado amigo por tao belo bogue onde se respira paz; da musica nao preciso falar (que voa meu pensamento ou a ouvir)...
Olh do poema nua!!! E a alma que aqui exposeste excelente meu amigo Parabens... Vejo que tua veia poetica està a flutuar maravilhosamente bem o amor faz maravilhas nao é assim?.... Beijocas
De Sonhosolitario a 11 de Setembro de 2010 às 19:57
Olá doce amiga Alzira Macedo
Bem-vinda de volta já estava com saudades da tua escrita e dos lindos comentários que aqui me deixas fico sem palavras, e todo babado… como sabes nunca me considero poeta, também te digo não sei se é pela saudade do nosso Portugal que me entra nas veias e me faz escrever algo tão sentido de minha vida, sinceramente não te sei explicar sei que adorei estas quadras escritas que alguém vou oferecer quando eu me apaixonar lol…
Amiga vou te algo lindo que aqui tu mencionas ao fim da musica, como não sabes vou passar a explicar-te, eu não tenho uma net que me deixe ouvir a musica porque é fraca e quando ouço esta musica do meu blog, não sei porque fico todo alterado de alegria, ela é romântica linda suave como eu adoro, tenho muita pena de não poder ouvir sempre que desejava,
Fico imensamente feliz por este meu cantinho que também será teu e de todos que nele se sintam bem te fazer e trazer essas lindas recordações do nosso querido Portugal,
Obrigada mais uma vez doce e querida amiga Alzira.
Doce beijinho que muita força para que venças essa dura batalha que é a imigração.
Volta sempre para mim é e será um grande a tua presença com as tuas lindas palavras.
Desejo-te uma feliz semana de trabalho, muita saúde amor paz harmonia, felicidade que possas alcançar em tua vida.
Doce beijinho
sonhosolitario
De umabrisadomar a 11 de Setembro de 2010 às 08:42
Olá,
Apesar do nome do blog não me ser estranho (talvez tenha visto comentarios noutros blogs), vim aqui parar por acaso e gostei muito... é um cantinho que nos faz sonhar... não só pelas palavras escritas, como pela musica, como por aquilo que nos faz sentir...
Comecei no mundo da blogosfera há cerca de 2 anos e meio e actualmente ando um pouco afastada , mas hei-de voltar a este teu espaço, que me fez sentir tão bem...
Desejo-te toda a felicidade do mundo! E continua sempre a sonhar!
Fica bem!
Bom fim de semana
Beijinhos
De Sonhosolitario a 11 de Setembro de 2010 às 10:55
Olá Brisa do Mar
Bom dia
Bem-vinda ao meu e seu cantinho, e cantinho de todos nós, você sabe que é para isso que aqui estamos, para nos sentirmos bem e tentar dar um pouco de felicidade aos que nos visitam.
Aqui eu no meu cantinho vivo de imaginação e de passagens da minha vida, olhe o nome do seu blog tem algo a ver comigo sabe porquê é do mar que eu tiro os meus poemas e algo mais a minha vida depende dele, do mar.
Aqui vai ficar o convite, volte sempre que desejar pois minha casa será sua casa, isto quer dizer o meu blog será seu, com todo respeito.
Desejo-lhe um feliz fim de semana, de muita paz e amor, saúde e muita felicidade em volta de toda família.
Doce beijinho
sonhosolitario
De umabrisadomar a 11 de Setembro de 2010 às 18:41
O mar... não posso dizer que a minha vida dependa dele, mas é muito importante para mim... traz-me paz, calma, serenidade... adoro olhar o mar e sentir o cheiro a maresia... costumo brincar e dizer que é por ser caranguejo de signo... não sei se é ou não, mas que o mar me faz bem, lá isso faz... e talvez por isso a minha cor favorita seja o azul...
Beijinhos
De Sonhosolitario a 11 de Setembro de 2010 às 19:40
Olá brisa do mar
Boa tarde bem-vinda
Concordo contigo quando dizes que não dependes do mar, mas de uma maneira ou outra estamos ligados a ele.
Já imaginas-te ter alguém no outro lado do oceano e tu votares as tuas mãos na agua do mar e sentires esse alguém como um toque de suavidade, isso representa saudade, e o mar nos dá muita paz, mesmo quando está bravo com ventos fortes, parece que envia o vento para nos limpar a memoria, eu mesmo convivendo com ele todos os dias não posso estar longe dele por muito tempo. Adoro caminhar ao seu lado, adoro o seu por do sol, é nele que deposito os meus segredos maiores, sou um amante do mar, porque mesmo com todo sofrimento que me tenha dado eu o amo, (MAR)…
Desejo-te uma feliz semana e muita saúde paz e muita felicidade, doce beijinho
sonhosolitario
De FatimaSoares a 8 de Setembro de 2010 às 18:44
Olá boa tarde não sei se me vai deixar comentar mas adorava que deixasse. É contra estas coisas que me bato. Tenho um medo danado do que "nos" podem fazer. Agradeço o aviso. É também uma prova de que há muita maneira de fazer coisas que nem sonhamos.

PS. Deixei este comentário ou iria deixá-lo no outro blog, mas como só deixa pessoas da lista dos teus amigos comentar pensei fazê-lo aqui. Só para agradecer o aviso e para me alegrar por alguém como eu acreditar que existe muitas pessoas que só sabem fazer mal...Eu nunca uso pc lá fora, mas nunca estamos livres de nos acontecer uma coisa daquelas. Obrigada por aquele post.
De Sonhosolitario a 8 de Setembro de 2010 às 20:06
Olá Fátima
Bem-vinda ao meu blog
Pois obrigada por o aviso assim que tiver tempo ou seja a net em condições
E irei ver o que se passa nesse meu blog, pois eu não me dei conta disso.
Quanto ao aviso eu penso que devemos ter cuidado quando usamos a net no cibernet cafés e como em todo lado nunca se sabe.
Um doce beijinho e volta sempre que desejares
sonhosolitario
De Rosinda a 8 de Setembro de 2010 às 10:48
Que se sequem as lágrimas desse amor
Que haja sol e luz nesse sonhar
Que acabe o sofrimento e a dor
E que as lágrimas sejam emoção de amar

Um abraço amigo Sonho
Rosinda
De Sonhosolitario a 8 de Setembro de 2010 às 20:12
olá Rosinda
boa tarde, obrigado por me desejares essa felicidade, isso faz com que nós nos sentimos felizes.
Eu adoro este poema, tem algo a ver comigo porque adoro a nudez e a saudade e realidade nua e crua.
Espero que tenhas gostado
Doce beijinho
sonhosolitario

Comentar post

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: