arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

VOZ

Espaço

Sensação

PRIMAVERA

Tentei-Tentando

Esperando- espero

Terça-feira, 5 de Julho de 2011

Eu Somente eu!

 

 

Eu e somente eu

Tenho estado aqui a muito tempo

Mas sem tempo, de te falar

Mencionar teu nome

Não sei por quê, assim continuar

Porque hei-de eu ter medo

Que já aqui tenho estado

E por todo lado

Procurado!

Ninguém é perfeito

Nada é fácil

Até a resposta encontrada

Eu somente aqui estou

Como podia estar

Noutro lado

Mas aqui me quero encontrar

Quando me encontro só

Eu sinto que não estou

Porque aqui tenho estado

Mesmo no longínquo aqui irei estar

Não posso deixar a semente secar

Para o jardim voltar, a florar

Porque sempre te vou amar

Eu e somente eu

Aqui vou estar

Longe ou perto

Assim serei eu…

 

Autor-Sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 21:54
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Alzira Macedo a 20 de Julho de 2011 às 09:40
Olá sonhosolitario bonito esse teu poema....

qu eme deu asas á imaginacao e assim te respondo....



E eu....
Tenho estado ausente
Das letras da escrita
Jamais do pensamento
Falo-te de mansinha bem de longe
Não me ouves, não me sentes
Minhas lágrimas de saudade
São gotas invisíveis no teu mar
Medo jamais terei,
De abrir asas ao meu coração
De dizer bem alto o que vai na alma
Perfeição é ave rara
Que voa em nossa imaginação
Não me preocupo com os pensares
Dos, male amados
Mas sim em aliviar esta dor
Que me atravessa o peito
Desde que me perdi de ti poesia
Voltei
Agradecida por cuidares desta semente
Que conforta muita gente
Assim és tu e eu o serei também
Não sei
Talvez viaje pelo tempo em busca de mim


Espero que gostes e nao me leves a mal por te dar resposta em poesia....
bjs amigo

Comentar post

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: