arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

As Vezes

Vento Norte

Passagem

Fantasma do Amor

SER

ERRO

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

Sábado, 5 de Maio de 2012

Lembranças

Lembranças

Hoje acordei e teu
rosto imaginei

Nesta minha caminhada

A beira-mar

Caminhando muito
devagar

Para o nosso amor
lembrar

Me lembro dos
nossos doces beijos

Cheios de desejos
e carinhos juntos de olhares

Aquele que memorizamos
em nossa mente

Para que fique
para sempre

Aqueles toques de
desejo

Que se sente com
um beijo

No teu olhar

Sem uma palavra
prenunciar

Sim é fácil o amor

Adivinhar

Que linda
caminhada a beira-mar

Assim caminho
lentamente

Para me lembrar
suavemente

Aquele amor que
enlouquecia a gente

Aqueles beijos
como uma chama ardente

Ouvindo tua voz
suavemente

Na minha memória

Tudo vem ao de
cima rapidamente

Mas que verão tão
quente

Naquela caminhada recente

Que faz a saudade

Muito quente

Como de um vento
de leste

Convida-se a moral
da gente

Na alegria
misturava o ambiente

Onde tudo parecia

Ser fácil no amor
crescente

Mas no fim foi
tudo

Como uma corrente

Mas aqui ficou

Esta linda
lembrança

Da gente que se
amou

Internamente…

Autor -sonhosolitario

 

A ti meu amor

sempre te vou amar em segredo no meu coração

A&A

publicado por Sonhosolitario às 13:31
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Carla Granja a 8 de Maio de 2012 às 16:39
Amigo Sonho! Que lindo Poema e que belas lembranças que aqui descreves. é bom passar por esses momentos para um dia os poder recordar

Desejo-te uma óptima semana,beijos

Carla Granja

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt

Comentar post

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: