arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

As Vezes

Vento Norte

Passagem

Fantasma do Amor

SER

ERRO

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

Sábado, 4 de Agosto de 2012

PALAVRAS

Palavras

Hoje não tenho palavras

Tenho sim uma forte emoção

Irei deixar falar meu coração

Vai ser livre como o vento

Vou mostrar todo o meu sentimento

Entre o amor e paixão

Já que não tenho palavras

Falara o coração

Mostrará com as batidas

Cada batida uma palavra

Cada som e um sentimento

Já que não tenho forças para escreve-las

Serão ditadas com o meu coração

Assim começou

Te vi e olhei e assim fiquei

Será que te devia dizer

Sim devo dizer que te amo

Já que tu não podes

Será que devo viver sem ti!

Posso mas não é o mesmo

É duro penoso, e sofredor

Meu coração não encontra cura

Me mata com esta grande dor

Para este amor, ele pergunta?

Porque te apaixonas

E coração diz

Ninguém me comanda

Quando amo

Somos dois no sofrimento

Eu e o meu coração

Alguém tem a cura

Ajuda se precisa

Ajudem e estou apaixonado

Culpa do meu coração

Não consigo controlar

Não me obedece

Ele está louco de paixão

Não quero ser curado

Porque é lindo e bom estar apaixonado

Por alguém como tu meu amor

Quando ouço a tua voz, sonho

És minha nesses momentos

Porque viver é recordar

E por este amor é bom morrer…

 

o autor-sonhosolitario

 

dedica este poema amiga

a doce,

 ademiradoratua

mais estas rosas para que tenhas muita felicidade em teu nobre coração,

doce beijo, minha doce

ADEMIRADORATUA

 

 

 

publicado por Sonhosolitario às 22:36
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De ademiradoratua a 6 de Agosto de 2012 às 15:56
Olá sonho, também fiquei sem palavras, um Poema para mim!!! Meu coração disparou de tanta emoção. E as Rosas!!! Amei, mil beijinhos e todo o meu carinho, td d bom para ti. Fica bem, ademiradoratua.

Comentar post

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: