arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

...

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

VOZ

Espaço

Sensação

PRIMAVERA

Tentei-Tentando

Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2013

Olhei a Lua

Olhei a lua

Te senti nua

Triste como crua

Tentavas escrever o teu nome

Juntamente com o meu

Mas não deu

Mas eu consigo escrever o teu

E não o meu

Porque eu o gravei com diamantes

Para sentir o amor em todos instantes

Teu nome escrito na minha memória

Na história da minha vida

Do passado e presente

Eu te procuro insaciavelmente

Será eternamente meu amor

Porque és minha e eu serei teu

Nestas grandiosas recordações

 Lua das memórias

Ditadas pelo meu coração

De promessas vindas pela emoção

Transmitidas dos teus lábios

Mas escritas com muita sensação

Na jura de amor que cairia ao chão

Escrita com tinta na pele teu nome

Para ler assim que acordar

Sentir o teu respirar

Sem desejar acabar como de um sonho imaginário

Por assim quero estar

Sem acordar

Continuar apaixonado

Uma palavra tua será a vitamina da vida

E me fará caminhar

Outro novo dia

Assim te vejo nesta lua

Que é minha e será tua

Nesta noite de luar

Tenho o teu nome

Somente para recordar

E assim como os teus dedos beijar

A volta do coração sentindo

A minha pele com a tua

Olhar o futuro com ternura

 Abraçando me fortemente

 Tatuando letra por letra o teu nome

Conjuntamente com a lua

Que tanto é minha como tua

Meu amor

AMO-TE-Totalmente

Será eternamente …

Autor -sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 23:00
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: