arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

Probido

Corpo

Caminhos da Alma

PENSEI

VOZ

Espaço

Sensação

PRIMAVERA

Tentei-Tentando

Esperando- espero

Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008

ROMANTISMO

Romantismo


de Cecília Meireles


Quem tivesse um amor, nesta noite de lua,
para pensar um belo pensamento
e pousá-lo no vento!...
Quem tivesse um amor - longe, certo e impossível -
para se ver chorando, e gostar de chorar,
e adormecer de lágrimas e luar!
Quem tivesse um amor, e, entre o mar e as estrelas,
partisse por nuvens, dormente e acordado,
levitando apenas, pelo amor levado...
Quem tivesse um amor, sem dúvida nem mácula,
sem antes nem depois: verdade e alegoria...
Ah! Quem tivesse... (Mas quem tem? Quem teria

 

COM UM BEIJINHO PARA TODAS AMIGUINHAS ,E AMIGOS

UM ABRAÇO.COMENTEM ,QUE EU GOSTO .OBRIGADO

SONHOSOLITARIO

publicado por Sonhosolitario às 15:16
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De isabelsushi a 27 de Fevereiro de 2008 às 17:30
Olá amigo, bonito o poema.
Consegui arranjar agora um bocadinho para vir até aqui!
Espero que esteja tudo bem consigo!
Desejo o resto de um bom dia!
Beijokinha
De Sonhosolitario a 27 de Fevereiro de 2008 às 22:44
ola querida amiguinha Isabelsuhi .muito obrigado pela sua visita ,e pelas suas palavras ...
sim estou de recuperação ,aos poucos ,há que olhar em frente . dia novo vida nova ,
um beijinho ,e um abraço para o seu maridão ,e muitas felicidades ,são os votos deste seu amigo .
sonhosolitario
De carla granja a 27 de Fevereiro de 2008 às 14:48
olá meu amigo! como é lindo o amor e o romantismo .
hje deixo o meu penultimo poema se kiseres passa por cá
bjo
carla granja
De Sonhosolitario a 27 de Fevereiro de 2008 às 17:25
ola amiguinha Carla Granja .
é com muita tristeza que recebi esta tua noticia de ´ser o ultima edição .vou sentir muito a tua falta .por tu eras uma das minhas perferidas ,

mas a vida tem de continuar.e este teu amigo
aqui por ti vai esperar .

com um grande beijinho ,muitas felicidades.muita saude .e muita sorte no amor....
para sempre seu amigo ...
sonhosolitario
De jpcfilho a 27 de Fevereiro de 2008 às 09:21
Amigo Solitario, é isso mesmo, quem tiver um grande amor que atire a primeira pedra. Grande Cecilia.
Grande abraço
João Costa Filho
De Sonhosolitario a 27 de Fevereiro de 2008 às 16:53
ol a amigo, JCP Filho um abraço .obrigado pela tua visita ,mas isto de nós amarmos muitas das vezes é cá um sofrimento horrivel caro amigo e muita dor junta ,porque isto de amor e mesmo muito complicado entender ,eu de momento estou a tentar entender,mas não consigo ,,
volte sempre ,um abraço deste seu amigo sonhosolitario

Comentar post

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: