arquivos

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007


blogueiro

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

PRIMAVERA

Tentei-Tentando

Esperando- espero

LEMBRO

Montanha

Toque

Suspiro

Teu Ser

Perdido

Pergunto

Quinta-feira, 20 de Abril de 2017

PRIMAVERA

373822_450213545018445_1401229440_n.jpg

Primavera

Entre o frio e calor

Do inverno e primavera

Estremeci quando te senti

Fiquei sem poder falar

Mas falei

Porque tinha que dizer

Só não podia amar

Mas amei em poder imaginar

Sentir o teu frio no meu meditar

Dar-te um abraço e não chorar

Secar tuas lagrimas

Para não congelar

Com o frio do inverno

Mas a força do tempo

Faz elas verterem pela face

Não das estações

Mas sim das desilusões

Das tempestades

Tem seus clarões

Em que sonhamos

Viver sem contemplações

Mas temos que viver

O tempo das quatro estações

Um dia por baixo

No outro por cima

Ver o sol a beira-mar

Sonhador dos sonhos perdidos

Lutando em cada estação

Nunca perder o sentimento de união

Sentir o calor depois do frio

Assim é a vida rolando

Em frente de cada estação

Amar o amor sem ressentimentos

Na confiança da sua navegação

Porque sem amor e respeito

É que se vai para traição

Mas no inverno é somente

Uma estação

Breve bem o calor do verão

Para nos fazer sorrir

No amor  da sua estação…

 

AUTOR , sonhosolitario

 

Spring
Between cold and hot
Winter and spring
I shuddered when I felt you
I could not speak
But I said
Because I had to say
I just could not love
But I loved being able to imagine
Feel your cold in my meditation
Give you a hug and do not cry
Dry your tears
To not freeze
With the cold of winter
But the force of time
Make them pour through the face
Not from the stations
But of the disappointments
From the storms
Have your flashes
What we dream about
Live without contemplation
But we have to live
The time of the four seasons
One day down
On top of the other
See the sun by the sea
Dreamer of lost dreams
Fighting in each season
Never lose the feeling of union
Feel the heat after the cold
This is how life is going.
In front of each station
To love love without resentment
In the confidence of your navigation
Because without love and respect
It is that one goes to treason
But in winter it is only
A station
Brief well the summer heat
To make us smile
In the love of your station ...

AUTHOR, SONHOSOLITARIO

publicado por Sonhosolitario às 19:49
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

visitantes solitarios




.SELO: