arquivos

Junho 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

Ponto de encontro entre ...

Sentimento

As Vezes

Vento Norte

Passagem

Fantasma do Amor

SER

ERRO

Probido

Corpo

Domingo, 6 de Dezembro de 2009

Somente Tu

 

Somente Tu

 

Tu somente tu,
com o teu nome imaculado

Que jamais foi julgado, mas sim honrado

Tu que me deste,
força da razão para sentir

Novamente
a emoção felicidade e paixão

 

Somente Tu

 

Não foi a primeira que descobri

o que sinto por ti

É algo fora do normal

Me deste aquele lindo amanhecer

Que o sinto sempre presente

Tenho-o sempre em mente

Lembro o último momento

Foi hora

Que não dei por conta

Mas que tudo conta

No meu pensamento

Podia permanecer ali

Todo momento

Entre ti o mar sol e vento

 

Somente Tu

 

Nesta luz que se acendeu

Dentro do meu coração

Quero contigo amar

Não julgues! Que é ilusão

É com amor e paixão

Jamais quero que sofras

Porque eu tenho em mente

Muita verdade dita com coração

Guardá-la seria um sacrilégio

Da nossa razão

 

Somente Tu

 

E tanto te queria dizer

Como te desejava beijar

Te queria tocar

Neste amor especial

Minha princesa

Deste sentir ao meu coração

Sinto-me feliz

E ele agradece com emoção

Somente Tu.

 

sonhosolitario

 

sinto-me: pensador
publicado por Sonhosolitario às 01:24
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009

Amanhecer

Amanhecer

Amanheceu em meu coração

E nasceu uma linda flor

De nome jasmim

Que não era minha

Mas sim tua,

Tinha as cores do arco-íris

Do céu vinha as cores azuis

Do mar o verde

Do teu olhar

Vinha o de esperança

Mas que lindo se tornou este amanhecer

Encontrei algo sinistro e não sei dizer

Dei comigo a contradizer, sem saber

Porque gostava do novo amanhecer

Alguém me poderá dizer!

Será que são assim todos os amanhecer

Ou este terá algo para mim

O que quererá dizer

Que eu saiba não luto por poder

Sei que adorei este novo amanhecer

Dei comigo a caminhar junto a beira-mar

Com o teu sorriso a brilhar

Cada movimento que davas estava eu a gravar

Para mim um dia contemplar o teu andar

Este amanhecer, lindo de encantar

O que é bom dura pouco

Só me resta agora sonhar

Com um novo amanhecer

A beira-mar

 

sinto-me: very happy indeed
publicado por Sonhosolitario às 03:04
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

mais sobre mim

links

subscrever feeds