arquivos

Junho 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

Ponto de encontro entre ...

Sentimento

As Vezes

Vento Norte

Passagem

Fantasma do Amor

SER

ERRO

Probido

Corpo

Domingo, 10 de Janeiro de 2010

Caminhar

Caminhar

Hoje dei comigo caminhado

Sem caminho ou carreira

Tentei ganhar forças

A minha maneira

Vou sem rumo

Ao encontro de um mundo

Distante de mim

Pensando em ti

Rumo em qualquer direcção

Para encontrar teu coração

Porque sem ti não há visão

Minha vida será dissolução

Pertences ao meu coração

Não sei desde quando

E te digo com emoção

Amo-te e por isso te procuro

Neste meu caminhar

Nem que tenha de me arrastar

E mil lobos enfrentar

Usarei todos os meios

Para o caminho certo

Caminhar!

Não quero magia

Mas sim muita alegria

Porque não sou mistério

 Nem sombras

Somente um homem

Que te ama

Te beija com amor

Porque tu és a minha flor

Num jardim sem sombras

Mas cheio de clamor

Na distância e na sensatez

Do nosso amor

Que se conduz com toda nudez

No desejo daquele beijo

Percorri caminhos desconhecidos

Para te encontrar

E te amar como te amo…

 

Sonhosolitario

 

sinto-me: in love
publicado por Sonhosolitario às 23:19
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim

links

subscrever feeds