arquivos

Junho 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Posts mais comentados

44 comentários
42 comentários
41 comentários
27 comentários
26 comentários
25 comentários
24 comentários
24 comentários
22 comentários
22 comentários

posts recentes

Ponto de encontro entre ...

Sentimento

As Vezes

Vento Norte

Passagem

Fantasma do Amor

SER

ERRO

Probido

Corpo

Sexta-feira, 28 de Maio de 2010

Vejo-te

Vejo

Vejo-te através do meu pensamento

Sentindo o teu doce perfume

Fazendo-me pensar que a minha beira

Adorarias estar! E me contemplar

Nada se perde em imaginar

Porque assim tem que ser

Para se continuar amar

Tornei-me gente em te encontrar

És uma doce donzela

Que adoro amar

Sou muito amável

Com toda gente

Mas o que meu coração por ti sente

És totalmente diferente

Curas-te minha dor

De uma serpente

Feita de gente que não tratou

De mim, como uma linda semente

Olho ao espelho

Deslumbro o teu olhar

Sinto o teu toque

Aquele que sinistro desejo

Antes de te amar

Sentindo a doçura dos teus lábios

Convidando-me para continuar

Tenho gravado as batidas do teu coração

Sentindo todo teu amor

Nas investidas com emoção

Quero sentir um só corpo

Nesta união da minha visão

Não só através do pensamento

Mas sim por fora, como por dentro

A todo tempo inteiro

Mesmo que seja Janeiro,

Ou Fevereiro,

Quero que sintas o meu calor

Sentindo este teu senhor…

 

Autor-sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 18:47
link do post | favorito
De Sindarin a 28 de Maio de 2010 às 20:11
Olá amigo! Bem bonito este poema e cheio de sensualidade e sedução lindo mesmo. Beijinho bfsemana!
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim

links

subscrever feeds