arquivos

Junho 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Posts mais comentados

5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
1 comentário
1 comentário

posts recentes

Sentimento

As Vezes

Suspiro

CHORO DE TODOS NÒS

Nevoa

Vai chover Hoje

Sentimento de vida

Sussurro

ADEUS

Onde te encontras

Segunda-feira, 26 de Novembro de 2012

Vai chover Hoje

 

Vai chover hoje

Hoje chove e vai continuar chovendo

E eu aqui não me movendo

Olhando através da minha janela

Estou fixo nela e com ela

Nada pode mudar

Só me resta esperar

Pelo sol radiante a todo instante

Porque ninguém mudara

A não ser tu

Por isso chove

E vamos ter de aguentar

Um dia mais Chu vento

E a chuva traz o vento

Com o vento vem tua imagem

Mas não a bagagem,  

Descortinando entre as gotas

Como se fossem diamantes

Refletindo tua imagem

Em meu pensamento

A todo momento

Será porque chove!

Sei que não para de chover

Choveu ontem, e hoje continua

E assim continuo sofrendo

Na espera que algo mude

Será que o vento vai ajudar cicatrizar

Ou será o quando o tempo mudar

Sinto frio estou tremendo

Preciso de calor e sentir amor

Para me aquecer desta chuva

Quero que pare de chover

Para me convencer que algo pode mudar

E sim procurar viver

Sem estar a chover

Mas tudo esta ficando turvo com a chuva

Meu deus como odeia a chuva

Mas não devo odiar devo sim amar

Porque a chuva me ajuda a viver

Porque sem ela não encontro água para beber

Com água  há vida

Da vida transforma-se em amor   

E sem amor nada sente

E deixamos de ser gente

Por isso

Mesmo precisando dela

As vezes querem e as vezes fogem dela

Mas continua chovendo

Estou sofrendo com esta chuva

E ninguém pode mudar

Vamos ter que aguentar

Mais um dia em nome do amor…

 

Autor-sonhosolitario

 
publicado por Sonhosolitario às 01:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 1 de Outubro de 2012

Sentimento de vida

Sentimento

Quem sou, o que sinto

De onde vim, para onde vou

Que faço aqui,

Porque penso em ti

Que sentido tem a vida

Que me faz sentir

Lutar para viver

Invejar a mulher do meu amigo

Se ela me inveja a mim

Quero tudo e não quero nada de mim

Quero-te a ti, e tu não me queres a mim

Eu te amo, mas tu não me amas a mim

Vou atrás de ti, mas tu foges de mim

Vivo para ti, mas tu não vives para mim

Quero mudar a ti mas tu não mudaste para mim

Olho-te através da tua foto

Mas tu não olhas através de mim

Quero ser tudo para ti

Quando nada é para mim

Corro atrás da saudade

Quando ela já não está em mim

Nasci para ser rei

Acabei escravizado

Trabalhei toda a minha vida

Nada tem amealhado

Te entrego meu sentimento

Quando já nada sente em mim

Porque a vida foi bela para mim…

Autor -Sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 02:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 6 de Setembro de 2012

Sussurro

 

                                                           

Sussurro

Assim chegou a tua voz a mim

Porque assim chegou

E me perguntou

Não consigo explicar

Mas consigo entender essa tua sinfonia

Dessa tua poesia

Entre a saudade e ansiedade

Está a tua liberdade

Dos teus desejos

Com todos direitos

Desse teu voo,

Em poema nos dizes

Todos os teus desejos

Não sendo uma ilusão

Mas é a própria voz da razão

Que se levanta com direito

De liberdade contra o sofrimento

Aqui fica o teu lamento

Feito em lagrimas puras

E já muito maduras

Que não consegues evitar

Porque tens muito amor para dar

Para repartir com teu perfume

E tuas chagas de uma vida inteira

Não foste rainha

Para passear na passadeira,

Entre sonhos e pesadelos

Tens o teu sorriso

Com tuas lagrimas

No teu rosto de saudade

Com toda tua verdade

E conhecendo-te eu como te recordo

Sentindo e inalando teu perfume

Desse teu amor

Para me acalmar minha dor

Não será imaginação

É sim palavras desse teu coração

Sim porque tu és e serás a razão

Do meu poetizar

E meu coração entregar.

Autor-sonhosolitario

 

                                                   

publicado por Sonhosolitario às 22:08
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 12 de Fevereiro de 2012

ADEUS

Adeus

Nunca me digas adeus

Neste mundo de ingratidão

Que ao teu lado desejava estar

E contemplar

Sem me magoar

E sentir a vida

Como neste momento

Não a sinto

Depois daquele adeus

Tenho aqueles olhos

Me dizendo em silencio

Todos teus segredos

Em minha direcção

Sem amor

Só eu senti

Porque nunca menti

E vivo em solidão constante

Mas vivo sem remorsos

Dei tudo que tinha

E o que não tinha

Assim sou eu

Como não podia deixar de ser

Tenho este dom de amar

E como vivo navegando

Não é fácil encontrar

O tal amor

Mas sim somente dor

Do teu adeus

De um adeus forçado

Pela tua maldade

Sem imaginação

Onde rebentas-te meu coração

Com tuas mentiras

De quem eu julgava

Uma flor pura

Que só me deu amargura

Neste meu adeus …

 

Autor-Sonhosolitario

 

 

publicado por Sonhosolitario às 05:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Dezembro de 2011

Onde te encontras

                                             
Onde te encontras    

Percorro o
horisonte

Na imensidão do
meu olhar

Sinto que te perdi

Será que não te
vou encontrar

Com este meu olhar

E torno a
visualisar

Entorno de
montanhas e vales

Algo que me
endique o caminho

Para ti voltar

Porque acredito
que algo ficou

No teu e meu amor

Como  fica agua de pois da chuva

Assim fica calor
depois de nascer o sol

E por isso tenho
que te encontrar

Quero que voltes

A seguir amar

Seja por terra

Ou

Em mar

Para moldar meu
coração

E solução
partilhar

Para teu perdão

aceitar

Assim ando perdido

Nesta imensidão

Será que te vou
encontrar

Ou será somente
imaginação

De um amor !

Sem visão

Ou será um passado

Sem perdão…

Autor-sonhosolitario 
publicado por Sonhosolitario às 22:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim

links

subscrever feeds