arquivos

Junho 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Posts mais comentados

14 comentários
12 comentários
11 comentários
6 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários

posts recentes

Vento Norte

Sussurro ao vento

Regresso

Hoje

Pensamento de ilusões

««««««CEGO POR AMOR»»»»»»

Verão e Amor

Nevoa

Mulher De Sonho

Espelho de água

Sexta-feira, 4 de Outubro de 2013

««««««CEGO POR AMOR»»»»»»

Cego por amor

Ceguei quando meu amor por ti explodiu

Deixei de te ver e falar nesta imensidão

Do nosso mundo profundo

Não te consigo ver porque ao longe

Te encontras em mim

Naquele dia ofereceste teu rosto

Para eu te ler e eu recusei

Porque eu te via a minha maneira

E sonhava que seria para uma vida inteira

Ai como eu te amava

Mesmo sem te ver

Dançamos ao som da nossa música

E sentimos os corações a desfalecer

O palco é pequeno de mais

Para as nossas valsas de amor

Não temíamos no caminho da dança

Até outro dia nascer

Porque a valsa nos ajudava a viver

Incitava o nosso sangue correr

Direito ao pensamento do nosso sofrer

Tu vês e ele cego continua

Sem te poder ver e amar

Pelo amor proibido está

A imensidão da vida é capaz

O rosto está mudado

De linhas traçadas pelo tempo

Agora te peço deixa-me ler teu rosto

Porque da última vez

Tinha as minhas mãos trémulas

Quero sentir tua pele macia

Teu cabelo dourado bem penteado

Teus lábios secos ondulados carnudos

Tocar em teus olhos e ver o que não consigo

Deste nosso amor

Assim quero estar sem pensar

No amanha quando novo dia voltar a nascer

Fazer o teu auto-retrato

De quando eu te via e não te vejo

Agora jamais te consigo ver

Estás longe de mim e não consigo parar de sofrer

Porque te amo e não te posso ter

Este amor que morreu ao nascer

E assim fiquei de pois de te ler

Cego e apaixonado sem querer

Mesmo sem te ter…

Autor-Sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 14:51
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 18 de Julho de 2013

Verão e Amor

Verão e amor

Abraço preciso

Neste tempo de verão

Não sei a razão

Será porque só vejo corrupção

E juras falsas, de amor que só causam dor

Mas no verão deveria ser amor sem solidão

Verão traz amor e emoção

E em seu conjunto vem o mar fresco

Cada onda e um novo sentimento de amor

Olhos alegres de emoções onde se arrebatam corações

De ondas de felicidade de um mar ir e voltar

E um amor consolidar e o coração dilatar

Assim é este meu verão

Sonhar, viver, conviver, amar,

Encontrar um amor

Não uma ilusão

E me entregar docemente

No seu conjunto com as ondas do meu mar

E conjuntamente sonhar

Nadando sobre as ondas de amor

Onde olhavam as estrelas e o luar

Sempre vou lembrar

Que é lindo imaginar

Assim com este calor de verão

Pode nascer uma linda paixão

Entre o mar o verão

Queria encontrar meu sonho

Que perdido anda

Como um barco sem rumo

Tentando encontrar seu porto de abrigo

Para amortecer seu castigo

Tem que ser neste verão

Encontrar seu duplo coração

E amar sem ilusão

Porque amar sem amor

Não quero só no verão

Mas sim todo o tempo e em toda estação

Amor amar com devoção…

 

Autor- Sonhosolitario

 

 

publicado por Sonhosolitario às 19:51
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Junho de 2013

Nevoa

Nevoa

Hoje vi uma nuvem quando o dia nasceu

Estava eu na minha janela

Quando tudo escureceu

De repente num milésimo de segundo

Ouvi vozes ao longe

E com mistura de ventos e algumas lagrimas

O ruido se misturou em meu pensamento

Que eu tentei parar, porque queria continuar amar

Amei com alento desde o primeiro momento

E agora nada ficou tudo passou aquele terrível momento

Foi feitiço do momento do tempo

Porque a tempestade não trazia vento

Eram vozes no momento

Com as lagrimas de gente que sentiu a tempestade

Deste tempo do amor que causou uma grande dor

Não há médicos e pessoal disponível

Para acudir tamanha tempestade

De amor e de dor

Porque ainda está por encontrar essa divina cura

Porque não é com uma pastilha se realiza uma cura

Amor não se limpa o amor perdura

Quando sente amargura dessa nevoa transformada em loucura

Por palavras agrestes na colheita de um amor

Que depois da tempestade

Nada sobrou, de dor lagrimas e sonhos desfeitos

Sem salvação de vida

Não há cura

Porque vou aprender a não usar a palavra de amor em vão

Na próxima vai ser guardada e não usada como outra qualquer

Porque amor, não é uma palavra simples de se dizer

Vou dizer quando somente ter a certeza que poderei dizer a valer

Para que a nevoa não a limpe uma vez mais

Meu amor te amo amo amo amo e amarei!!!!!!

Autor -sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 00:16
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 29 de Maio de 2013

Mulher De Sonho

Mulher de sonho

Com meus olhos te conheci

E com eles me enamorei

O meu desejo neles está

Assim tento enamorar

O teu coração

Que anda distante do meu

Mas tudo fará para que meu seja

Na obrigação do meu amor

Assim é a maneira que te quero e desejo

Se assim quiseres assim será

Meu amor

Da maneira que tu desejares

Como eu desejo

Porque por ti, Tudo dará

Porque quando um homem

Ama uma mulher

Em mais nada pensa

Tudo por ela fara

Luta vai a guerra

Vai até ao fim deste e do outro mundo

Somente para ter seu amor

Assim é e assim será

Quando um homem

Ama uma mulher

E com seus olhos

Despe-a e entra nela

Toca-lhe e mostra seu amor

Porque o amor é lindo de se amar

Mesmo na sua tenra idade

Quando começa sua maturidade

Tudo fará por uma mulher

Assim como faço pela minha

Que encontrei

E vive longe de mim

Mas perto do meu coração

Porque amo essa mulher

De alma e sensação

Olhem para mim como estou

Apaixonado e feliz

Porque quando um homem

Encontra uma mulher

Tem que ama-la

Com todas suas armas de amor

E eu serei sempre seu guerreiro

Do seu amo

Autor-Sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 11:41
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 21 de Março de 2013

Espelho de água

Espelho de água

Espelho minha sombra de vida

Na mistura do suor do amor

Enquanto lavava o meu rosto

Vieste-me ao pensamento

Tua face enquadrava com a minha face

Da água para o espelho

Minha visão fez bater meu coração

Com está visão rebentava de emoção

Meu espelho de água

Era como um rio desaguando ao mar

Assim seu amor contemplar

Pela terra nua do amor e amortecer minha dor

O meu coração só queria ser tua grande paixão

Nesta minha imaginação deste meu espelho

Assim desaguou este espelho de água

Nem rasto deixou

Só o meu amor ficou

Deixando um rasto a traz de si em flor

Caminho lembrado e relembrado

Tatuado em meu peito com amor por direito

Jamais quero perder tua imagem neste meu espelho

É tudo quanto me resta, Ho espelho de água

Das lindas memórias de amor

Sempre que desejo matar saudades

Venho a este espelho feito por lagrimas do meu rosto

Onde se transforma num grande rio de emoções

A semelhança deste meu amor

Que eu só queria amar! QUE só queria amar,

Assim te conheci, assim me apaixonei

Neste estado fiquei

Não quero que sofras como eu sofro

Quero que sejas feliz, assim te recordarei

Neste espelho de água

Aqui lavo minha dor ,RECORDO EMOÇÕES

Com as minhas palavras e situações

Com meu e teu amor

E no meu coração partido

Só te queria dizer que te amava a valer

No espelho vejo teu rosto

Na água lavo a minha mágoa

Ao espelho falo do meu amor

Com a água caminho ao teu encontro

Para me ajudares nesta minha grande dor

Porque queria ser teu interno amante

Por toda vida e todo instante

Te amo, meu amor meu amorrrrrrrrrr….

Autor -Sonhosolitario

 

Te ofereço a ti minha ademiradora

para que sejas muito feliz em tua vida

com um doce beijinho...

publicado por Sonhosolitario às 02:50
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

mais sobre mim

links

subscrever feeds