arquivos

Junho 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Posts mais comentados

14 comentários
10 comentários
10 comentários
6 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
1 comentário

posts recentes

Ponto de encontro entre ...

Tentei-Tentando

LEMBRO

Piano de duas melodias

Te Guardarei Meu Irmão

Saudade

Olhei a Lua

Chuva de lagrimas

Hoje senti mais do que nu...

ENCRUZILHADA

Domingo, 18 de Maio de 2014

Saudade

SAUDADE

Hoje encontrei a saudade

Quando vagueava

Pela estrada do pensamento

Olhei nos seus olhos e lhe perguntei

Porque te nomearam saudade

Que tens esse nome

Explica-me o teu motivo da saudade

A saudade é o vento

Que leva e traz de volta o pensamento

Saudade é quilo que perdemos

Queremos e jamais teremos

Saudades é o nosso coração

Bater com emoção

No ponto da saudade

Faz-nos ver por direito

A razão do nosso viver

A saudade não deixa de ser um doce desejo

De quer e não poder corresponder

Saudade é e será o enigma da paixão

Assim a saudade será levada pelo vento

E com o vento voltará

Nas saudades são lavadas muitas lindas memorias

Umas trazidas de volta

Outras apagadas

Assim é o termo usado da saudade

A saudade vive ao nosso lado

Todo o nosso tempo é feito de saudade

Quem não sente não é gente

Quem não vive não tem saudade

Porque quem tem saudade

Tem amor

Quem ama

Sonha e sente saudade

Porque saudade é vida

E a vida é feita de Saudade…

 

Autor -sonhosolitario

   

publicado por Sonhosolitario às 06:32
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2013

Olhei a Lua

Olhei a lua

Te senti nua

Triste como crua

Tentavas escrever o teu nome

Juntamente com o meu

Mas não deu

Mas eu consigo escrever o teu

E não o meu

Porque eu o gravei com diamantes

Para sentir o amor em todos instantes

Teu nome escrito na minha memória

Na história da minha vida

Do passado e presente

Eu te procuro insaciavelmente

Será eternamente meu amor

Porque és minha e eu serei teu

Nestas grandiosas recordações

 Lua das memórias

Ditadas pelo meu coração

De promessas vindas pela emoção

Transmitidas dos teus lábios

Mas escritas com muita sensação

Na jura de amor que cairia ao chão

Escrita com tinta na pele teu nome

Para ler assim que acordar

Sentir o teu respirar

Sem desejar acabar como de um sonho imaginário

Por assim quero estar

Sem acordar

Continuar apaixonado

Uma palavra tua será a vitamina da vida

E me fará caminhar

Outro novo dia

Assim te vejo nesta lua

Que é minha e será tua

Nesta noite de luar

Tenho o teu nome

Somente para recordar

E assim como os teus dedos beijar

A volta do coração sentindo

A minha pele com a tua

Olhar o futuro com ternura

 Abraçando me fortemente

 Tatuando letra por letra o teu nome

Conjuntamente com a lua

Que tanto é minha como tua

Meu amor

AMO-TE-Totalmente

Será eternamente …

Autor -sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 23:00
link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Janeiro de 2013

Chuva de lagrimas

 

Chuva de lagrimas

Hoje choveu de maneira diferente

Era uma chuva de lagrimas

Misturada com suspiros vindos do céu

 Enquanto caminhava pensava

Mas porque chovia assim

Pensava eu para mim

As tuas lagrimas entravam em mim

Como punhais que me retalhavam a pele

Não estava preparado

Para ser retalhado

Porque choras?

Queria eu saber, para te ajudar a não sofrer

Diz-me porque choras

Envia-me uma mensagem

Um sinal, por onde eu possa adivinhar

Serão as saudades!

Não penso que tenhas maldades

Mas sim essas lagrimas solitárias do tempo

Dos teus sonhos desfeitos

Em planos não alcançados

Mas sim planeados

Não de uma vida solitária

Mas sim contemplada com amor

Nas noites frias de luar

Não sentindo aquele abraço

Da tranquilidade da vida e do amor,

Te fez sentir essa dor transformada em lagrimas

Que se espalhou pelo universo

Como se de um desabafo trata-se

Tentando ser socorrida

Para não mais sofrer

Aquela dolorosa dor

Na ansia de encontrar o teu senhor

Ai essas lagrimas mataram as minhas forças

Para te socorrer no momento em que mais precisas

Devido ao momento da chuva

Se ter transformado num dilúvio de lagrimas

Feito em temporal de amor …

Autor -sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 01:40
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 25 de Dezembro de 2012

Hoje senti mais do que nunca

Hoje senti como nunca senti

Porque será que sinto

Deixa-me explicar

Sinto que te perdi

Que te amei e te continuo amar

Que só me resta sonhar

Ver – te só a imaginar

Sentir as tuas palavras

Só quando vento as traz

A minha memória

Sinto saudade da tua pessoa

Da tua voz e carinho

Do teu toque

Das tuas palavras

 Teu perfume

E de tudo quanto me oferecias

Sinto-me vazio triste

Mas com minha memoria cheia em ti

Porque quando se amou

Nunca se arrumou

As ideias que se guardou

Daqueles lindos momentos

Que passamos juntamente

Dos teus beijos e carinhos

Porque hoje sinto mais do que nunca

O teu adeus

Isso é o que mais me faz lembrar

O teu rosto lavado em lagrimas ao luar

E eu fico muito triste em lembrar

Por isso te amo e jamais

Vou deixar de pensar

Neste solitário natal…

Autor - Sonhosolitario

 

publicado por Sonhosolitario às 12:47
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito (1)
Quarta-feira, 12 de Setembro de 2012

ENCRUZILHADA

Encruzilhada

Cruzei-me nos teus passos

E neles me guiei

Para te acompanhar nesta tua vida errante

Quero que saibas como me és importante

Entre a vida e o amor

Mesmo que seja angustiante

Quero que sejas a minha amante

Assim quero limpar essas tuas lagrimas

Nas tuas noites de desespero

Para que não tenhas medo de sonhar

E não querer acordar

Quero sim que sintas o lindo amanhecer

Com vontade de viver

Sem sentir nada para esconder

Com forças de remar contra as marés vivas

Como sendo um rio, ao encontro do mar

E te sintas confiante a todo instante

Para que essas lagrimas se evaporem

Com elas desenhar toda felicidade

Que possas desejar

E continuar amar

Nesta encruzilhar do amor

Assim sintas alegria todo o dia

Seja ela todo momento

Com vibração e não desilusão

Morrer por amor

Será ressuscitar

Para se viver

Será preciso esquecer

Nestas encruzilhadas da vida

Será esquecer o dia de ontem

Viver o dia de hoje

E sonhar no dia que está para nascer

E novos horizontes se abrirão

Para fazer bater o coração

Nesta nova encruzilhada do amor…

Autor-Sonhosolitario

 

publicado por Sonhosolitario às 03:29
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

links

subscrever feeds