arquivos

Junho 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Posts mais comentados

1 comentário
1 comentário

posts recentes

Marcas

Jardinagem

Mata-me Suamente

Camelia

»»»MINHA DOR «««

«««««SENTIMENTO«««««

««ESTOU DE PARTIDA««

Quarta-feira, 29 de Maio de 2013

Marcas

Marcas

Pensei a bom pensar

Como amei e como amar

Viver e repensar deste amor

Quero seguir e não representar

Porque tenho o coração que não para de sangrar

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma

A nossa vida não vai parar

Será que temos tempo para pensar

Porque acabou e podemos acabar

Temos de reiniciar porque em breve tudo vai começar

Eras pedra preciosa em meu coração

Que fazia o meu sangue correr de emoção

Entre as emoções sentidas juntamente com as recordações

Que não as consigo esquecer

Nem fugir de ninguém

Porque amar faz doer

Mas assim não quero viver

Só tenho vontade de desaparecer

Porque escrevo!

É um alerta

Fundamental é impossível ser feliz sozinho

Mas constrangedor ´será viver na dor

Do amor e caminho da infelicidade

Dessa perca do ânimo amado

Em que restam somente duvidas

Se realmente é amor o que sinto

Ou será sofrimento

Para que vale a pena viver neste cruzamento

Penoso do amor e da alma

Sozinho andei sozinho ficarei

Como um eremita

Procurando o que coração

Perdeu ao tentar conquistar

Com todo amor que tinha para dar

Tento encontrar forças para o salvar

E não consigo encontrar

Só dizer o quanto te amo…

Autor- Sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 11:54
link do post | comentar | favorito
Domingo, 12 de Maio de 2013

Jardinagem

Jardinagem

Encontrei dulcineia

No meu jardim

Ofereci-lhe uma flor de jasmim

Gostei dela como ela gostou de mim

Depois de uns olhares

Fizemos um amor de um jardim

Eu era muito bom de jardineiro

Semeei sementes a tempo inteiro

De raiz linda e encantada

Eram lírios tulipas papoilas

E sobram as rosas de vanguarda

Que davam De temporada,

Porque era uma flor desenhada

Com todo seu encantamento

E por mim enamorada

Ela era uma flor desejada

Do meu jardim

Me amava

Escondia a verdade

Que não estava enamorada

Um tempo cheirava

Outro nem tocava

Assim são as flores

Nascem para agradarem

Com suas cores encantarem

Assim são as flores do meu jardim

Há sempre a minha preferida

Que darei minha vida

Não sei porque me encantei pela rosa

Que só tinha espinhos

Seria por me ter picado

E nela ter notado

Sim algo aconteceu

Encantou meu coração

Com sua sensualidade

E emoção que apaixonou meu coração

E tudo com ela levou do meu jardim

Agora relembro que aquela flor

Não me pertencia a mim

Vai flor encantada

Que sempre será relembrada…

Autor -Sonhosolitario

  

publicado por Sonhosolitario às 03:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2008

Mata-me Suamente

acalma minha dor com seus dedos,
Cantando minha vida com suas palavras,
Matando-me suavemente com sua canção,
Matando-me suavemente com sua canção,
Dizendo minha vida inteira com suas palavras,
Matando-me suavemente com sua canção ...

Ouvi dizer que ela cantou uma canção boa, eu ouvi dizer que ela tinha um estilo.
E então eu vim para vê-la a ouvir por um tempo.
E ela estava lá esta jovem rapariga, uma estranha aos meus olhos. 

acalma minha dor com seus dedos,
Cantando minha vida com suas palavras,
Matando-me suavemente com sua canção,
Matando-me suavemente com sua canção,
Dizendo minha vida inteira com suas palavras,
Matando-me suavemente com sua canção ...

Senti-me  todo lavado com febre, envergonhado pela multidão,
Eu senti que ela encontrou minhas cartas e cada um lê em voz alta.
Rezei que ela iria acabar, mas ela apenas mantido à direita para ... 

acalma  minha dor com seus dedos,
Cantando minha vida com suas palavras,
Matando-me suavemente com sua canção,
Matando-me suavemente com sua canção,
Dizendo minha vida inteira com suas palavras,
Matando-me suavemente com sua canção ...

Ela cantou como se ela me conhecia, em todo o meu desespero negro.
E então ela olhou direito através de mim como se eu não estivesse lá.
Mas ela só veio a cantar, cantando claro e forte. 

acalma  minha dor com seus dedos,
Cantando minha vida com suas palavras,
Matando-me suavemente com sua canção,
Matando-me suavemente com sua canção,
Dizendo minha vida inteira com suas palavras,
Matando-me suavemente com sua canção ...

Ela foi sentindo, oh, ela estava cantando minha canção.
Matando-me suavemente com sua canção,
Matando-me suavemente com sua canção,
Dizendo minha vida inteira com suas palavras,
Matando-me suavemente com sua canção ...
Com sua canção ...

 

sinto-me:
música: killing me softly with his song
publicado por Sonhosolitario às 22:16
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008

Camelia

CAMELIA

.

Como uma camélia a arder

Eu sonhava ser borboleta com desejos de pólen

.

Numa bravia paixão, ou,so... sou sensual

Seduzo e sou seduzida

Deixo o fogo de paixão arder

.

Abro as pétalas num jogo de cores

sorrisos... brilham!

.

Avivam-se as memórias,

Soltam-se odores,

 Desejos,

Emoções

E num arrojo total sacio

O meu desejo em teus lábios.

.

Num toque de corpos insaciável,

Fico deslumbrada pela emoção sentida

Pouco a pouco o beijo intensifica-se.

Embriagada. Levanto os braços sem noção do limite...

.

Num esvoaçar de pelém e pétalas a arder

Fazemos amor num beijo!..

 

Maria João A.C. Silva

 

sinto-me:
música: dire s,brother in arms
publicado por Sonhosolitario às 05:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 7 de Setembro de 2008

»»»MINHA DOR «««

I D LOVE YOU TO WANT ME - LOBO

Eu choro neste momento.
Alimento a minha dor.
Olhos pesados, um tormento.
Por causa de um amor.
Um amor que nem imagina.
Que eu sempre a desejei.
E que sozinho em casa.
A ela sempre esperei.
Confesso que até privei.
De tudo que eu gostava.
Só para ser feliz, com a mulher que eu amava.
Hoje eu sei que fui errado.
Em deixar os meus amigos.
Peço perdão a mim mesmo.
E eu mesmo me castigo.
Agora não penso mais.
Vivo sem prazer a vida.
Perdi todo este meu tempo.
E hoje é só ferida.
Feridas que jamais vão me deixar viver.

AUTOR ANONIMO

sinto-me:
música: LOBO I D LOVEYOU TO....
publicado por Sonhosolitario às 16:57
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

mais sobre mim

links

subscrever feeds