arquivos

Junho 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Fevereiro 2017

Julho 2016

Outubro 2015

Maio 2015

Março 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Posts mais comentados

2 comentários
2 comentários

posts recentes

Hoje

Hoje caminhei

Hoje

Quarta-feira, 28 de Maio de 2014

Hoje

Hoje

Hoje me lembrei de ti

Não há dia em que não me lembre

Uns dias mais outros mais ainda

Será que sim e porque não

Mas hoje me lembrei

Porque será hoje

E sempre assim

E não pode ter fim

Mas hoje sou assim

Me lembro e me lembrarei

Me lembrei das nossas músicas

Das conversas e gargalhadas

Das palavras que ficaram cruzadas

Como o cruzamento da vida

Uma de lembranças

Outras de esperança

Assim no andamento da lua

Entre o luar tenho muito para pensar

No amor da saudade

Entre o sonho e a realidade

Do prazer em encontrar

Novamente a vida

Que perdi hoje em ti

Tento olhar-te nos olhos

Ver teu rosto ao longe

Mas perto de meu coração

Para sempre unidos

Quer tu queiras ou não

Mas hoje estou assim

Com teu amor

Sem sim ou não

Sem amor e sem perdão

Sempre e amarei

Nem que seja por ilusão

Este dia de lembrança

Neste dia de paixão

Sinto aquele amor

Senti a aquela solidão

Hoje estou assim…

 

Autor-Sonhosolitario

 

publicado por Sonhosolitario às 06:18
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 31 de Agosto de 2012

Hoje caminhei

Hoje caminhei

Hoje caminhei ao sabor das ondas

Perdido na minha imaginação

Não sei se era dor

Ou foi pura sedução

Te imaginei pura

Amável, diferente  

Com teu coração ardente

Como aquela chama florescente

Que mostrava algo diferente

Inteligente de lindas maneiras

Eras gente que gosto de recordar

Neste meu caminhar

Perdi-te na solidão do meu mar

Nem o coração consigo encontrar

Para me ajudar

Assim vou viver

A minha vida como um amigo

Neste meu castigo

Encontrar novo caminhar

Para feliz estar

Não quero de ti fazer  

 Minha tortura

Quero sim saborear

Tua doçura

Para não entrar em loucura

Neste meu viver

E meus dias engrandecer

Entre o amor e a ilusão

Sim vou viver sem rancor

Porque sou um sedutor

Somente por amor

Deste meu caminhar

Quero alguém que me saiba respeitar

Porque amizades

Não se devem matar

Mas sim respeitar

Com ou sem amor

Para amar…

Autor-sonhosolitario

publicado por Sonhosolitario às 19:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 31 de Julho de 2012

Hoje

Hoje

Aqui estou perto de ti

Entre o pensamento e a distância

Só o meu coração se sente por perto

Tudo que deixei ao longe

Parti não queria partir,

Depois desta partida

Sinto-me como um sonho inacabado,

Pensando que era amado

Entre as certezas e incertezas

Depois de te encontrar

Pensei que podia sonhar

Errei quando imaginei

E para ti olhei

Vi a verdade dos teus olhos

E li teu coração

Havia amor

Mas com muita devoção

Senti a bom sentir

Tua pele entre a minha

Teu toque e meu toque

Teu olhar o meu sentir

Assim eram aqueles momentos

Uma ternura inacabada

Alongada no espirito do amor

Mas sim muito desejada

Não era sonho

Mas sim uma pura realidade

Daquela que não se pedem

Para sonhar!

Porque para seguir em frente

Alguém tem que amar

Porque recordar é viver

E eu jamais te vou esquecer…

Autor-sonhosolitario

                                                                                                          

publicado por Sonhosolitario às 01:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim

links

subscrever feeds